Select Menu
» » Fatal - Mundo Metal - "composições com uma sonoridade nova e sem frescuras!"
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

A nova revelação do Thrash Metal Paulista nos conta com exclusividade como está sendo o processo de gravação de seu EP, experiência no underground, formulação das letras e a repercussão de seu trabalho.



Mundo Metal: Antes de falarmos sobre o EP e o processo de gravação, contem um pouco sobre a Fatal visando as pessoas que ainda não conhecem o trabalho de vocês.


Abracax:  Fatal é uma banda de thrash metal da Zona Norte da cidade de São Paulo, formada em meados de 2012. Desde que a formação se estabilizou com os músicos Julia Yago no contrabaixo, Lucas Chuluc e João Dias nas guitarras, Renato Pestana na bateria e eu (Abracax) nos vocais, o grupo vem investindo em suas composições que possuem fortes influências do hardcore punk/crossover e se inspirando em bandas como Exodus, Venom e Cro-Mags.

Para quem ainda não conhece os trabalhos da Fatal, podemos dizer que nosso EP vai apresentar nossas composições com uma sonoridade nova e sem frescuras! Prometemos um metal de qualidade e respeito que irá agradar a todos da nova e velha guarda.

Mundo Metal: A temática das letras da Fatal falam sobre os pecados capitais, literatura religiosa, cinema e realidade humana. Conte-nos um pouco sobre de onde são tiradas as inspirações para formular essas ideias. A banda toda participa da criação das letras ou há algum membro em específico que se encarrega dessa parte?


Abracax:  As primeiras letras da banda foram escritas e compostas pelo Lucas e pela Julia (com exceção de uma única escrita por Julia e André nos primórdios da banda, da qual fiz algumas modificações). Todas elas possuem fortes influências de literatura religiosa. Mas como gosto muito de escrever e como algumas letras que já fiz no tempo livre agradaram a banda; fiquei encarregado de escrever tudo! As influências vêm de um pouco de cada assunto: religião, pecados capitais e realidade humana. Estou construindo letras conceituais em cima de assuntos que tem uma ênfase forte nos pecados capitais; pesquiso muito sobre isso lendo “O Inferno” de Dante Alighieri. Tenho planos de construir letras que mesclarão todas as ideias para formar algo único, abrangendo temas e focos novos para coisas que soam batidas/clichê/obsoletas para muitos atualmente, mas com uma ideia nova por trás das letras e do conceito.


Mundo Metal: Vocês já tocaram em muitos lugares do circuito underground de São Paulo. Como sentem a recepção do público com relação à música da banda?


Lucas Chuluc: Já tocamos em vários lugares pela grande São Paulo, o público na maioria das vezes está sempre acompanhando muitos de nossos shows, acho que somos bem recebidos pelos fãs do bom e velho metal.


Para continuar a ler Click Aqui

Autor Cranium releases

Cranium Releases,Fazendo uma divulgação profissional e dedicada para as bandas do cenário nacional brasileiro; Redator Carlos Paiva; Aqui sua banda recebe o valor de sua imagem.
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga